Volta ao Algarve: Asgreen voa para a terceira vitória da Deceuninck – Quick Step, em dia de queda do camisola amarela!

O contra-relógio individual desta 47ª edição da Volta ao Algarve que se desenrolou em Lagoa numa extensão de 20,3 quilómetros foi levado de vencida por Kasper Asgreen (Deceuninck – Quick Step). Em segundo lugar ficou o português Rafael Reis (Efapel), ele que esteve muito perto da vitória fiando só 2 segundos atrás do dinamarquês da Deceuninck – Quick Step. A fechar o pódio, a 9 segundos de Asgreen, ficou o francês Benjamin Thomas (Groupama – FDJ).

Durante algum tempo pensou-se que seria mesmo Rafael Reis a levar consigo a vitória no final do dia, contudo, Kasper Asgreen conseguiu arrebatar a vitória com uma excelente parte final do percurso. No top-10 final da etapa tivemos ainda outro português: Ivo Oliveira (UAE – Team Emirates) em 6º lugar a 37 segundos do vencedor do dia.

O líder da geral, Ethan Hayter (INEOS Greandiers), ainda teve um grande susto quando caiu em pleno esforço, no entanto conseguiu manter a liderança da prova. João Rodrigues (W52 – FC Porto), que foi 11º no dia de hoje mantém o seu 2º lugar na geral e a sua liderança na montanha ao passo que Kasper Asgreen subiu ao 3º lugar da geral com o seu esforço de hoje.

Para amanhã temos reservada a chegada ao Alto do Malhão numa etapa que contará com 170,1 quilómetros de distância. Tudo ainda está em jogo e a tirada de amanhã promete ser uma tirada bem interessante!

Foto de capa: Federação Portuguesa de Ciclismo

Tiago Ferreira

A acabar a licenciatura em Engenharia de Sistemas no Instituto Superior de Engenharia do Porto, passou a fazer parte da PCM em finais de 2020. Ávido fã de qualquer tipo de desporto desde curling, passando pelos desportos motorizados, até ao ciclismo. É neste último na qual reside a sua maior paixão, uma paixão que já vem desde os ínicios do século. A paixão é tão grande que tenta acompanhar todas as provas possíveis e imaginárias. Atualmente, os seus ciclistas favoritos são Alejandro Valverde e Wout van Aert. O Tiago escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.